ATIVIDADES

ATIVIDADES PASSADAS

 

Encontros no Labirinto é uma iniciativa do Laboratório de Estudos Socioantropológicos sobre Tecnologias da Vida (Labirinto) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Confira nossa primeira edição, realizada durante o segundo semestre de 2021, e os encontros realizados no primeiro semestre de 2022.

 

23/06/22 – Encontros no Labirinto, edição especial _ Diálogos Transbordados: ecologias líquidas, corpos de água, rios


Esta edição especial do “Encontros no Labirinto” foi realizada em parceria com o multiTÃO – prolifer-artes sub-vertendo ciências e educações, de forma presencial, e contou com a participação de Lisa Blackmore (University of Essex – entre–rios), Susana Dias (Unicamp – multiTÃO) e Fernando Camargo (Unicamp – Labirinto). Com a mediação da professora Daniela Manica (Unicamp – Labirinto) a mesa propôs um debate sobre a saúde dos corpos de água, a partir de pesquisas desenvolvidas em diferentes contextos.

 

02/06/22 – Encontros no Labirinto – Ivone Gebara _ Conversa sobre o livro Esperança Feminista

Conversa com Ivone Gebara sobre o livro “Esperança Feminista”, escrito com Debora Diniz e publicado pela editora Rosa dos Tempos.
Acesse aqui texto completo de Carolina Carettin sobre a realização desse encontro.

 

04/11/21 – Encontros no Labirinto, sessão 6 _ Conferencia de encerramento

Encontros no Labirinto fecha o ano de 2021 com a conferência “Cobijas: bordando cuerpos que escuchan”, da Profa. Tania Pérez-Bustos (Universidad Nacional de Colombia).

 

21/10/21 – Encontros no Labirinto, sessão 5 _ Encontros mais que humanos

No 5º Encontros no Labirinto, com o tema Encontros mais que humanos, foram apresentadas as pesquisas “Transbordamentos no rio Piracicaba”, de Fernando Camargo; “Capitalização atomicista e ecologização feminista”, de Marina Bohnenberger; e “Ecologia das práticas e ecologia da mente”, de Camila Montagner Fama.
A convidada para debater as pesquisas foi a Profª. Drª. Susana Dias (Labjor/Unicamp).

 

07/10/21 – Encontros no Labirinto, sessão 4 _ Jornalismo, gênero e poder

Na quarta sessão dos “Encontros no Labirinto” FORAM apresentadas as pesquisas “Quatro Presidentas latino-americanas nas capas dos jornais”, de Adriana Silvestrini Santos; “Nós jornalistas pretas: Trajetórias e vivências dentro do telejornalismo brasileiro”, de Jacqueline Medeiros; “Instagram, engajamento e a indústria do autocuidado”, de Milena Cristina Peres; e “Jornalistas e feministas: quem produz conteúdo nos sites AzMina e Lado M”, de Carolina Carettin.

A convidada para debater as pesquisas foi a doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da Universidade Federal da Bahia (PPGCOM/UFBa), Josemira Reis.

 

16/09/21 – Encontros no Labirinto, sessão 3 _ Epidemias e Tecnologias

Na terceira sessão do Encontros no Labirinto, com o tema “Epidemias e Tecnologias” são apresentadas as pesquisas “A pesquisa em HIV/aids nas Ciências Sociais”, de Kris Herik de Oliveira; “Adeus ao Dinheiro: pagamentos digitais na pandemia da Covid-19”, de Cristiana Gonzalez; e “Vácuos de (des)informação: comunicação científica e o projeto Qual Máscara?”, de Beatriz Klimeck.

A debatedora convidada é a Profª. Drª. Rosana Castro (IMS/UERJ).

 

02/09/21 – Encontros no Labirinto, sessão 2 _ Pesquisando com quem pesquisa

Na segunda sessão do Encontros no Labirinto, com o tema “Pesquisando com quem pesquisa”, são apresentados os trabalhos “Vazando gêneros: corpo e menstruação em campo no trabalho etnológico”, de Clarissa Reche Nunes da Costa; “Biociências, cientistas e sangue menstrual: trilhando caminhos nas margens”, de Daniela Manica e Michelle Peres dos Santos; e “Inteligência Artificial no DSPCom: Uma etnografia do processo de desenvolvimento e potencialidades dos métodos”, de Mateus Vicente.

A Profª. Drª. Soraya Fleischer (DAN/UnB) foi a convidada para debater as pesquisas.

 

19/08/21 – Encontros no Labirinto, sessão 1 _ Tecnologia, Gênero e Comunicação

Na primeira sessão do Encontros no Labirinto, com o tema “Tecnologia, Gênero e Comunicação”, foram apresentados os trabalhos “Novas formas de putaria no neoliberalismo da economia de plataforma”, de Julia Rocha; “Rubras narrativas: tecnociência e sangue menstrual”, de Brunno Souza Toledo Pereira; e “Entre tecnologias virtuais e reprodutivas: maternidades sapatonas em disputa”, de Flora Villas Carvalho.

A Profª Drª Marina Nucci (IMS/UERJ) foi a convidada para debater as pesquisas.