Uma história social da pílula no Brasil

Nesta reportagem*, falo sobre a história da pílula anticoncepcional no Brasil, este fármaco com uma trajetória um tanto quanto contraditória e que foi, desde o contexto de sua criação, permeado por interesses diversos.

A discussão começa nos anos 60, quando questões morais e religiosas dividiam espaço com estratégias eugenistas, passa pelos anos 80, onde houve uma maior aceitação e consolidação da pílula no cotidiano das brasileiras, e termina na atualidade, onde a ideia de “liberdade” muitas vezes atrelada ao fármaco é questionada por mulheres em redes sociais.

Este debate ganhou novos contornos, uma vez que numerosos depoimentos de vítimas de trombose foram veiculados pela mídia nacional. Tive a oportunidade de falar mais sobre esse assunto em minha dissertação de mestrado, “Um novo capítulo para velhos problemas: o compartilhamento online de experiências e o uso da pílula anticoncepcional”, orientada pela antropóloga Profa. Dra. Daniela Tonelli Manica.

Na reportagem, além de entrevistá-la, contei também com a colaboração de mulheres jovens que tomam a pílula, e das mais velhas, que viveram grande parte da vida sem a sua existência. Também conversei com a historiadora Joana Maria Pedro, com o demógrafo Everton Manuel de Lima e com a ginecologista Daniela Donação Dantas.

Para ilustrar, a antropóloga Clarissa Reche muito gentilmente me cedeu as imagens de sua série fotográfica intitulada Lua Nova, produzida a partir de experimento utilizando o sangue menstrual

Também elaborei alguns infográficos com os dados levantados. São informações que nos permitem visualizar o contexto em que estamos inseridos e podem nos despertar algumas questões, que dificilmente têm respostas simples, mas que espero ter investigado, ao menos um pouco, na reportagem.

*O texto é uma versão reformulada de uma reportagem que escrevi em parceria com Guilherme Vicente, como trabalho de conclusão de curso da Especialização em Jornalismo Científico do Labjor/Unicamp.

 

Confira a reportagem completa aqui.

 

Legenda da imagem: Série fotográfica Lua Nova produzida por Clarissa Reche a partir de experimento utilizando o sangue menstrual. Crédito: Clarissa Reche.

+ posts

Leave A Comment